terça-feira, 12 de outubro de 2010

As luzes

Sempre fui fascinada pelas luzes, mas agradeço a escuridão por ela existir. Durmo as claras, e ao contrario de muitos a claridade não me incomoda nem um pouco. Moro em um condomínio que fica na parte mais alta da cidade o que me permite uma visão ampla e encantadora. Umas luzes mais fracas outras um pouco mais intensas, e eu fico ali a admirar todas elas. As vezes eu atravesso as madrugadas nas minhas insônias do lado de fora de casa, apreciando toda aquela beleza. Admirava a luzes da cidade e as luzes das estrelas do céu. Esse mesmo céu que nos cobre, cobre também as luzes da cidade que nos separam. Queria poder manter acessas as luzes do meu quarto e apagar todas as luzes até chegar a você, mantendo dois pólos acessos numa escuridão sem fim. Talvez por apenas uma noite, para que eu pudesse pular a sua janela e te fazer eu, te sentir e te amar como ninguém, quem sabe depois dessa noite você enlouqueça e se sinta tentado a escalar todas as noites as luzes das cidades que nos separam para vim ao meu encontro. É por isso que eu durmo as claras, nunca fora medo do escuro, mas medo que em uma das noites viajantes você se perca e não me encontre mais. É exatamente por essa razão que as luzes do meu quarto nunca se apagam.

Bianca Bigogno

34 comentários:

  1. Aaa eu tbm adoro as luzes... AMOOO!!
    E o texto é lindo!!

    Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Passando para uma visita a seu nobre espaço de reflexão. Paz e harmonia.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  4. Adoro a luz. Mas as vezes a escuridão é um pouco legal!
    Só um pouco

    Adorei o post.

    Bjos

    Nina

    ResponderExcluir
  5. Adoro a luz. Mas as vezes a escuridão é um pouco legal!
    Só um pouco

    Adorei o post.

    Bjos

    Nina

    ResponderExcluir
  6. Bianca,

    Lindo texto, suave...
    Sutil,irrecusavel...
    "Queria poder manter acessas as luzes do meu quarto e apagar todas as luzes até chegar a você, mantendo dois pólos acessos numa escuridão sem fim."
    Que a sabedoria ilumine o caminho e o leve até você...
    Mantenha a luz sempre acesa.

    bjo

    ResponderExcluir
  7. Bianca! lindo texto seeu!!!
    cara, precisamos covnersar, se quiser add lá cassioeduardo9@hotmail.com

    ficaria muito feliz =D

    beijos =*

    ResponderExcluir
  8. Lindo , romântico e apaixonante
    as tuas luzes , Bianca !


    Bjo Imenso e que a criança que vive em você não se apague jamais ...


    Tb Te Adoro de MontãOOoOo ... :)

    ResponderExcluir
  9. Suas luzes me iluminaram Bianca *-*
    Muito inteligente esse texto. Parabéns!

    Tô te esperando lá no blog,você sumiu de lá. =/

    Beijo Grande :)

    ResponderExcluir
  10. Nas luzes também vemos nossos sonhos.

    ResponderExcluir
  11. Lindo texto! Quem dera eu tivesse a honra que vc tem em poder ver a cidade de minha casa, e poder curtir-la (a cidade e as luzes e quem sabe até a lua rs) nas madrugadas em que o sono me abandona. As Luzes são realmente brilhantes (me permita o trocadilho)! Ótimo texto... gostei muito também do anterior(Antropofagia), teus textos estão muito intensos. Gosto de intensidade nas palavras. Enfim, parabéns e obrigado pelos comentários! :*

    ResponderExcluir
  12. Eu adorei, achei lindo, como se dia e noite te acompanhassem essa espera.
    Bjão!

    ResponderExcluir
  13. "É por isso que eu durmo as claras, nunca fora medo do escuro, mas medo que em uma das noites viajantes você se perca e não me encontre mais".

    que coisa mais linda, tirou-me um riso.. muito meigo Bianca..

    Delicia ler-te...

    beijoo meu'

    ResponderExcluir
  14. Bi, eu tava meio "away" dos blogs, geralmente quando paro de escrever acabo ficando distante dos meus blogs preferidos mas acabei de ler seu comentário lá e fiquei curiosa pra ver o selo.
    Acabei não resistindo e li seu texto, ilustrado por essa foto linda, mas vi que não é tão linda quanto as suas palavras. Essa história me conduziu, como um curta-metragem e me deu mais vontade de escrever.
    Valeu pelo selo, apesar de não ter o encontrado ainda. xD
    =***

    ResponderExcluir
  15. Ah, acabei de achar o selo! *-*
    Que lindo!! Me sinto honrada, no meio de tantos blogs maravilhosos você ter escolhido o meu. Valeu mesmo. =)
    Esta semana vou fazer barulho por lá.
    =*

    ResponderExcluir
  16. Adoro a noite, mas não sou noturno, se é que vc me entende. Adoro o luar, as estrelas, a cidade se acendendo, as luzes dos navios qdo vou a praia... mas não sei dormir de luz acesa, mas adoro a penumbra!
    Bjs*

    ResponderExcluir
  17. Será por isso que tenho essa mania? hihi :)
    Adoreei!!!! Um beeijo

    ResponderExcluir
  18. Que amor mais lindo! rsrs
    Fico no bate bola de vocês, tonta, vibrando para que tudo dê certo.
    As luzes ainda são resultado da energia, da chama acesa desse amor que nunca se apagará tamanha é a intensidade.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Bia minha querida, como está?
    Menina, ficou lindo demais, achei super fofo, rs. Eu já gosto do escuro, mas detesto o silêncio, rsrs.
    Saudade de tu tbm menina, rs
    Bjo

    ResponderExcluir
  20. Bianca, tem selinho pra vc lá no blog.
    Espero que goste da brincadeira.
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Bianca, tem selinho pra vc lá no blog.
    Espero que goste da brincadeira.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Que as luzes e as estrelas da noite lhe fertilizem o amor da vida.
    Jorge Manuel Brasil Mesquita
    Lisboa, 15/10/2010

    ResponderExcluir
  23. O seu texto está bem escrito.
    Ponto final.

    Agora uma gracinha:

    vivi 6 anos em Paris...
    e estraguei a vista...

    com as "Luzes de Paris"!

    Eu que via tão bem!...

    Saudações poéticas

    ResponderExcluir
  24. Ah, eu adoro lugares altos, onde eu posso ver todas as luzes da cidade. O meu lugar preferido na cidade é o ponto mais alto onde se vê o centro de belo horizonte e os arredores inteiro. Logo atrás fica uma serra e fica soprando aquele vento gelado "montanhesco", junto com a vista mais deslumbrante.
    Já pela janela do meu quarto eu vejo muitas arvores e entre alguns galhos tem dá para ver algumas luzes ascessas entremeadas dos postes da rua. Gosto disso também, mas ainda preferia um lugar alto.

    Seu texto me deu uma ótima idéia para um texto futuro.

    beijos.

    ResponderExcluir
  25. Que belo texto! adorei ler cada linha e sentir as luzes da cidade, quanto brilho nas suas frases, meus parabéns nobre amiga, que suas luzes nunca se apaguem!
    beijos

    Dan

    ResponderExcluir
  26. Hello my friend, Your site is great, good job you do.
    I also created many blogs but not good like yours, I mean the visitors.So

    Please
    could you exchange link with me?
    Here are my blogs. you could choose to exchange ,


    http://khmernewstoday.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Às vezes a escuridão pode ser mais clara que a luz.

    Belo texto!

    ResponderExcluir
  28. Oi , Bianca !!!!


    Bom saber que está de volta ... :)
    Senti sua falta , menina bonita.


    Tb não esquece ;
    Te Adoroooooo .... Rsrs


    BjãO!

    ResponderExcluir
  29. Que coisa linda, Bianca. E eu que já estava pensando que fosse por medo do escuro que dormia com a luz acesa, quando, na verdade, é pra ser um farol noturno que jamais apaga a luz do seu quarto. Muito lindo. Muito lindo é imaginar as diversas intensidades de luz que você avista nas madrugadas de insônia. Prazer ler aqui. Deixarei o meu convite, mas mesmo que não me visite, valeu muito ter estado aqui. Abraço!

    Convido-te para ler algo em http://jefhcardoso.blogspot.com

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

    ResponderExcluir
  30. OLÁ BIANCA! ADOREI SEU BLOG!!!
    VC CURTE ACESSÓRIOS?? PASSA NA MINHA BLOGSTORE http://signoritaccessori.blogspot.com/ COMENTA LÁ!
    BJO, DANI SIGNORI.

    ResponderExcluir
  31. ei, minha amiga frenética! :] pergunto: pq não está mais frenética na escrita? hahaha sei que você já disse que está sem tempo, mas, oras, queremos seus textos poxa! ;)
    some não bianca!!

    bjs

    ResponderExcluir
  32. ei, minha amiga frenética! :] pergunto: pq não está mais frenética na escrita? hahaha sei que você já disse que está sem tempo, mas, oras, queremos seus textos poxa! ;)
    some não bianca!!

    bjs

    ResponderExcluir
  33. Oi moça. Tudo bem? Estive por aqui. Muito 10. Apareça por lá. Abraços.

    ResponderExcluir

Deixem aqui seus carinhos :*