domingo, 20 de junho de 2010


Você não percebeu, mas quando fez as malas e saiu por aquela porta levou com você meu coração e todo meu sentimento, você pode não ter percebido, mas cravou suas mãos no meu peito e arrancou brutalmente um órgão propulsor da minha vida, mas que já não me pertencia, ele era seu. Você levou minha vida meu bem, levou meus sonhos, minha realidade, minha felicidade, meu calor. Mas você deixou a decepção, a dor, o frio, a tristeza e aquelas lagrimas implacáveis que insistiam em escorrer pelo meu rosto até cair ao chão, aquele mesmo chão que por muitas vezes foi o palco do nosso intenso, implacável e agora... Ex amor.

Bianca B.

6 comentários:

  1. Parabéns!
    Muito bonito e bem escrito!
    www.aliradeorfeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo, Bia!
    Você escreve tão bem.
    Você sabe que sempre fui sua fã, né *-*
    TIGRÍSSIMA
    bjs

    ResponderExcluir

Deixem aqui seus carinhos :*